Agenda incendiária: Campanha eleitoral vai pegar fogo e pode cremar a cidadania.

Atípicas e francamente plebiscitárias, as eleições que ocorrem no Brasil no próximo dia 2 de outubro prometem atingir altíssimas temperaturas, mormente no que se refere à disputa para a presidência da República. Ódio, sectarismo, cegueira ideológica, rancores e violências formam a fervura a ser derramada sobre as cabeças dos eleitores, que já começam a ser caçados por todos os cantos e rincões, muitas vezes com o uso de armas ilegais, entre elas a avassaladora notícia falsa, muito conhecida no estrangeirismo como “fake news”.

Quer ler mais?

Inscreva-se em www.gazetademinas.com.br para continuar lendo esse post exclusivo.

Assine Agora
1 visualização0 comentário