top of page

Alunos do Pinheiro Campos visitam a Capela dos Passos


Estudantes foram recebidos pelo arquiteto Alisson - Foto: E. E. Professor Pinheiro Campos

Os alunos do turno matutino da Escola Estadual Professor Pinheiro Campos estiveram, na manhã dessa quinta-feira (02), na Igreja de Nosso Senhor dos Passos para conhecerem sua história e importância para a comunidade.


Coordenados pela professora Amélia Silveira, os estudantes foram recebidos no local pelo arquiteto e especialista em Patrimônio Cultural, Alisson Silveira Souza, que compartilhou muitas histórias sobre o espaço, além de explicar sobre a fundação e construção da igreja e a cronologia das imagens religiosas tombadas pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA).


De acordo com a Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais, a Igreja dos Passos foi construída antes de 1825. Originalmente foi construída em estilo simples em relação às demais construções mineiras. A torre e o sino foram acrescentados posteriormente. Existiu um pequeno cemitério, próximo à construção, desaparecido numa das reformas realizadas, havendo também a transformação do consistório, local onde eram realizadas reuniões da Irmandade de Nosso Senhor dos Passos e de Nossa Senhora das Dores, em um local para a Sacristia. A igreja está intimamente ligada às comemorações da Semana Santa, celebrada no local desde o século XIX, fato que contribuiu para sua construção. Durante as últimas décadas , tem sido preservada através de reformas simples de modo a mantê-la nas condições normais de receber seus fiéis e turistas.


A Igreja dos Passos possui a relíquia do Santo Lenho, que é um pedacinho da verdadeira Cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo. Este pedacinho do Santo Lenho foi oferecido à Igreja pelo Papa João XXIII, atendendo uma súplica de Dom José Medeiros Leite, o 1º Bispo Diocesano de Oliveira.

0 comentário

Comentarios


bottom of page