top of page

CCT analisa garantia de serviços de telefonia para pessoa com deficiência


Centrais telefônicas ficam obrigadas a oferecer atendimento diferenciado a pessoas com deficiência - Foto: Marcos Oliveira

A proposta que amplia as condições de universalização dos serviços de telecomunicações às pessoas com deficiência será discutida e votada na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT), nesta quarta-feira (15), às 11h. A relatora do PL 4.486/2019 é a senadora Daniella Ribeiro (PSD-PB).


De acordo com o relatório, as centrais telefônicas destinadas à prestação de serviços de utilidade pública ficam obrigadas a oferecer atendimento diferenciado a pessoas com deficiência.


Para que isso ocorra, a proposta altera as leis que dispõem sobre a organização dos serviços de telecomunicações (Lei 9.472, de 1997) e Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146, de 2015). A autora do projeto é a deputada Luizianne Lins (PT-CE).


Também estão previstas a deliberação de três itens com pedidos de outorgas de radiodifusão comunitária em municípios como Juazeiro do Piauí (PI) e Ipanema (MG).


A reunião será realizada sala 7 da Ala Senador Alexandre Costa.


(Com informações da Agência Senado)

0 comentário

Comentarios


bottom of page