top of page

Cemig alerta sobre cuidados e segurança com a eletricidade


Associação brasileira indica que acidentes com energia elétrica aumentaram no Brasil no primeiro semestre - Foto: Leonardo Barros

Por mais que seja consenso geral que a eletricidade, além dos benefícios, traz também riscos e perigos, qualquer descuido, por menor que seja, pode causar acidentes graves e até mesmo fatais. Portanto, a Cemig alerta sobre os cuidados que todos devem ter quando o assunto é segurança com a rede elétrica. De acordo com dados da Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel), foram registradas 949 ocorrências de acidentes de origem elétrica nos primeiros seis meses de 2022, contra 759 no mesmo período de 2021, um aumento de 26,70%.


Esses acidentes provocaram a morte de 384 pessoas, e as duas principais causas das fatalidades foram o choque elétrico (330 vítimas) e os incêndios causados por origens elétricas (33 mortes). Segundo a Abracopel, em Minas Gerais aconteceram 46 acidentes com a rede elétrica no primeiro semestre deste ano ante 66 no mesmo período do ano passado. Contudo, a letalidade aumentou 14,29%, saltando de 21 mortes em 2021 para 24 neste ano.


Um dos maiores causadores de acidentes de origem elétrica no Brasil é o choque. Na construção civil, esse tipo de ocorrência, infelizmente, acontece com certa frequência em função do tamanho dos materiais, ferramentas e equipamentos utilizados nos canteiros e, principalmente, nas obras informais que são aquelas sem o acompanhamento de profissional habilitado ou empresa especializada para a atividade.


Três casos de acidentes graves foram registrados, entre maio e junho deste ano, envolvendo aparelhos celulares durante o carregamento, quando o superaquecimento dos carregadores provocou incêndios nas residências. Infelizmente, em uma dessas ocorrências, uma mulher de 30 anos e o filho dela, de dois anos, morreram vítimas do fogo.


Em caso de acidente com a rede elétrica, as solicitações de atendimento podem ser feitas pelo Fale com a Cemig, no telefone 116. A central de atendimento funciona 24 horas, e a ligação é gratuita. A população também pode acionar o Corpo de Bombeiros ou a Polícia Militar. O telefone dos Bombeiros é 193 e o da PM é 190, sempre lembrando que, em caso de acidentes, nunca devemos tocar ou nos aproximar da vítima até a chegada de socorro especializado.


(Com informações da Agência Minas)

0 comentário

Comments


bottom of page