COORDENADORA DE PROJETOS DA AGÊNCIA NACIONAL DAS ÁGUAS EM OLIVEIRA



Na última quarta-feira (25) aconteceu na Secretaria Municipal de Meio Ambiente, no Parque João Reis, a 1ª reunião presencial da Unidade Gestora do Projeto (UGP) Rio Jacaré Vivo, programa Produtores de Água. Na ocasião estiveram presentes além dos gestores, representantes do município de Três Corações, Campo Belo e Carmo da Mata, a fim de conhecer o projeto para implantação em seus municípios. A coordenadora de projetos da Agência Nacional das Águas (ANA) Consuelo Marra, veio de Brasília para o encontro e para uma visita técnica que foi feita aos produtores rurais contemplados pelo projeto.


O programa visa incentivar o produtor rural a investir em ações que ajudem a preservar a água, e usar o conceito de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), que estimula os produtores a investirem no cuidado do trato com as águas, recebendo apoio técnico e financeiro para implementação de práticas conservacionistas. Assim, além do ganho econômico da sua produção, o produtor também melhora a quantidade e a qualidade da água da região, beneficiando a todos.


O município de Oliveira foi selecionado por meio de projeto, no meio de mais 12 cidades do Brasil para receber uma verba do Governo Federal de quase meio milhão de reais para as obras do projeto Produtores de ÀGUA que consiste em práticas conservacionistas como: cercamento de nascentes, construção de cacimbas e barraginhas; construção de curvas de nível e plantio de mudas.


As obras serão feitas nas propriedades rurais que ficam no entorno da Bacia do Córrego dos Bois, principal fonte de captação de água do SAAE. A intenção é que com estas ações o município tenha maiores quantidades e maior qualidade de água.


Fazem parte da UGP, além dos produtores rurais, instituições como a EMATER, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, IEF, Corpo de Bombeiros, ONGs como a ARPA e Rio Jacaré, FAEMG, Embrapa, Promotoria de Justiça, Policia do Meio Ambiente, dentre outros.


(Com informações da Assessoria de Comunicação do SAAE)

0 visualização0 comentário