Copa do Brasil: Fluminense bate Cruzeiro no Mineirão para avançar


Argentino Germán Cano se destacou com um gol e uma assistência - Foto: Fluminense

Contando com o faro de gol do argentino Germán Cano, o Fluminense derrotou o Cruzeiro por 3 a 0, na noite dessa terça-feira (12) no estádio Mineirão, para se garantir nas quartas de final da Copa do Brasil.


Após vencer na ida das oitavas por 2 a 1, no estádio do Maracanã, o Tricolor das Laranjeiras chegou com uma pequena vantagem à partida decisiva. Mas, mesmo diante de mais de 58 mil apaixonados torcedores da Raposa, a equipe de Fernando Diniz não começou o jogo com uma postura conservadora.


Com um minuto de jogo o Fluminense criou a primeira oportunidade de abrir o marcador, quando Matheus Martins cruzou para Caio Paulista, que teve chute parcialmente defendido pelo goleiro Rafael Cabral. Na sobra, André e Arias também não conseguiram marcar.


O time de Fernando Diniz manteve o maior volume de jogo nos primeiros 15 minutos, criando oportunidades com Matheus Martins, aos 11, e com Arias, quatro minutos depois. A partir daí o Cruzeiro melhorou e igualou as ações.


A Raposa viveu o seu melhor momento no confronto no início da etapa final, obrigando goleiro Fábio a fazer boas defesas em lances de Brock e Luvannor.


Mas a necessidade de fazer gols para buscar a classificação fez com que o Cruzeiro passasse a dar espaços para o ataque do Fluminense, que aproveitou. Aos 24 minutos, o colombiano Jhon Arias tabelou com o argentino Germán Cano antes de bater por cobertura para marcar um belo gol.


Aos 39 minutos o Tricolor voltou a mostrar eficiência, quando Martinelli arrancou pela direita, driblou um defensor e cruzou para Cano bater de primeira para superar Rafael Cabral. E o time das Laranjeiras ainda conseguiu ampliar aos 47 minutos, com o meio-campista Nathan.


O Fluminense volta a entrar em campo no domingo (17), no Brasileiro contra o São Paulo no Morumbi. No mesmo dia o Cruzeiro recebe o Novorizontino pela Série B.


(Com informações da Agência Brasil)


7 visualizações0 comentário