top of page

Entrega de novos equipamentos reforça trabalho da Polícia Militar de Meio Ambiente


Integração dos tablets com diversos bancos de dados possibilitará verificação de informações com mais agilidade - Foto: Robson Santos

Minas Gerais ganhou um importante reforço na fiscalização ambiental e um grande aliado no combate às infrações e crimes ambientais com a entrega de 215 tablets, por parte da Secretaria de Estado Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), à Polícia Militar de Meio Ambiente (PMMG). A solenidade, realizada nesta terça-feira (14), na sede da PM Ambiental em Belo Horizonte, contou com as presenças da secretária de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Marília Melo, e do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Rodrigo Piassi.


Os tablets, além de ajudar no policiamento operacional, irão melhorar a gestão da tropa e dos recursos tecnológicos. Isso porque os equipamentos são integrados com diversos bancos de dados e outros sistemas informatizados, como o Sistema de Fiscalização e Auto de Infração Digital (Sisfai). Desta forma, o policial militar poderá, em tempo real, lavrar autos de infrações e notificações ambientais. Os tablets também possuem sistema de navegação por GPS, facilitando, assim, o deslocamento de viaturas aos locais de ocorrência.


A integração com diversos bancos de dados também possibilitará aos policiais a verificação de informações de biomas, unidades de conservação e áreas de conflito pelo uso da água, entre outras situações. Desta forma, o levantamento de informações ganhará celeridade e possibilitará a notificação imediata do fiscalizado, via e-mail ou pelo aplicativo de mensagens WhatsApp.


A solenidade também homenageou diversos policiais militares e membros da sociedade civil que prestaram relevantes e destacados serviços em apoio à fiscalização e proteção ambiental no Estado de Minas Gerais. A premiação foi promovida pela subsecretaria de Fiscalização Ambiental e resultou na entrega de uma moeda comemorativa denominada de ChallengeCoin.


(Com informações da Agência Minas)

0 comentário

Comentarios


bottom of page