Governo de Minas avança estudos para ampliação de áreas protegidas na Serra do Curral


Proposta de Unidade de Conservação abrange áreas dos municípios de Nova Lima, Sabará e Belo Horizonte, equivalentes a 1,8 mil campos de futebol - Foto: Matheus Adler

Atendendo à determinação do governador Romeu Zema, que estabeleceu como prioridade a realização de estudos para a criação de Unidade de Conservação na Serra do Curral, a secretária de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Marília Melo, reuniu-se nessa segunda-feira (27) com o diretor de unidades de conservação do Instituto Estadual de Florestas (IEF), Breno Esteves Lasmar, e com o superintendente de gestão ambiental da Semad, Diogo Franco, na Cidade Administrativa.


O objetivo do Governo de Minas, por meio da Semad e do IEF, é avançar em uma proposta de ampliação de áreas protegidas na Serra do Curral. O estudo abrange os municípios de Nova Lima, Sabará e Belo Horizonte. A área preliminar levantada equivale a 1,8 mil campos de futebol. A ideia é que no espaço possa ser instituído um conjunto de unidades de conservação, que englobaria as cidades envolvidas.


“A partir do despacho governamental do governador Romeu Zema, o Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, por meio da Semad e do Instituto Estadual de Florestas, inicia o estudo para a criação do Parque Metropolitano da Serra do Curral. O conceito do parque se refere a um conjunto de unidades de conservação que serão criadas para a proteção ambiental dessa relevante área do nosso estado. Estamos estudando áreas conforme sua relevância ecológica para definir os tipos de unidade de conservação que serão criados, resultando em um mosaico de proteção em toda área da Serra do Curral”, explicou a secretária.


(Com informações da Agência Minas)

7 visualizações0 comentário