top of page

Joias, relógios e moedas estrangeiras são apreendidas com suspeito de participar de assalto em Itaúna.

Crime ocorreu em outubro de 2023. Suspeito foi preso em Contagem durante a operação 'Caça ao Tesouro' nesta quarta-feira (7)


Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil recuperou ontem (07) joias que haviam sido furtadas de uma casa em Itaúna, em outubro de 2023. Um homem de 42 anos foi preso por suspeita de participar do crime. Os materiais foram encontrados durante a operação "Caça ao Tesouro" que cumpriu um mandado de prisão temporária e um de busca e apreensão em Contagem.


Durante as buscas, além das joias, também foram apreendidos um carro, 44 relógios e dinheiro nacional e internacional, incluindo libras esterlinas, pesos uruguaios, pesos argentinos e um dólar americano.


A Polícia Civil apurou que, no dia 15 de outubro de 2023, três homens tocaram o interfone de uma casa em Itaúna. Os moradores perceberam a movimentação suspeita e não atenderam o chamado, o que fez com que os criminosos arrombassem a porta e entrassem na casa.


Ao perceber a presença dos ladrões, as mulheres que estavam na casa fugiram e chamaram a Polícia Militar, deixando para trás um idoso de 81 anos. Enquanto isso, os assaltantes foram até um dos quartos, renderam o morador e levaram as joias avaliadas em R$ 400 mil. Em seguida, o grupo fugiu em um carro com a placa clonada.


Segundo a Polícia Civil, o homem preso nesta quarta tem diversos registros policiais por roubo e estava em liberdade condicional. Ainda segundo a polícia, o homem integra uma organização criminosa especializada em roubo a residências em Belo Horizonte e região metropolitana. Ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

0 comentário
bottom of page