top of page

Michel Temer será agraciado com o Grande Colar da Medalha da Inconfidência


Cerimônia acontece na cidade de Ouro Preto - Foto: Beto Barata

O ex-presidente Michel Temer será o grande homenageado na cerimônia do Dia da Inconfidência Mineira, que acontece na próxima sexta-feira (21). Ele receberá o Grande Colar, honraria mais importante concedida pelo Estado de Minas Gerais, que condecora, exclusivamente, chefes de Estado, chefes de governo e chefes dos demais Poderes da União. A cerimônia será realizada, a partir das 9h, no centro de convenções da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), na cidade histórica localizada na região Central de Minas.


A decisão deste ano de homenagear o ex-presidente Michel Temer, vem para fazer justiça ao chefe de Estado, que ainda não havia sido agraciado com o Grande Colar, como ocorre tradicionalmente. Após atuação como vice-presidente, ele assumiu a presidência da República em 2016, ocasião em que herdou a missão de, em meio à instabilidade no país, retomar a normalidade política e econômica, a partir da adoção de necessárias medidas de austeridade e proteção aos cofres públicos.


O Governo Michel Temer tem semelhanças com a gestão do governador Romeu Zema à frente do Estado mineiro. Ambos são marcados pela atenção ao equilíbrio fiscal e à política de teto de gastos, que limita o crescimento da maior parte das despesas públicas à inflação registrada nos últimos 12 meses até junho do ano anterior.


Com ações como essas, Temer conseguiu contornar a instabilidade política e apresentar uma resposta efetiva à crise econômica pela qual o Brasil passava naquele momento. Após um mandato de dois anos e meio, o ex-presidente entregou o país com alguns avanços: o emprego voltou a crescer, a inflação caiu e o Produto Interno Bruto (PIB) subiu.


(Com informações da Agência Minas)

0 comentário

Comentários


bottom of page