top of page

Minas registra a criação de mais de 170 mil empregos com carteira assinada em 2022


Estado ficou em terceiro no ranking de geração de vagas, segundo dados do Caged - Foto: Gil Leonardi

Minas Gerais fechou 2022 com um saldo positivo de 177.996 vagas de emprego com carteira assinada, conforme o balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nessa terça-feira (31). O resultado é fruto de 2.449.311 admissões e 2.271.315 desligamentos durante todo o ano.


Iolanda Benfica, analista de Políticas Públicas da Diretoria de Monitoramento e Articulação de Oportunidades de Emprego da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (Sedese), destaca a análise por setor, em que todos os grandes grupamentos econômicos registraram desempenho positivo.


“A área de Serviços liderou com a geração de 112.003 novos postos, seguido por Indústria (27.348), Comércio (25.573), Agropecuária (6.746) e Construção (6.326). Os dados mostram que o Governo tem se esforçado para garantir a inserção dos mineiros no mercado de trabalho, com políticas de atração de investimentos e formação de mão-de-obra”, afirmou.


Ela também ressalta que no comparativo com os demais estados brasileiros e o Distrito Federal, Minas Gerais ficou em terceiro lugar na geração de empregos em 2022, atrás de São Paulo e Rio de Janeiro, que registraram saldo positivo de 560.986 e 194.869 postos, respectivamente.


Num recorte mais aprofundado, 54% desse saldo de empregos com carteira assinada criado ficaram com mulheres, com escolaridade até o ensino médio completo, entre 18 a 24 anos de idade.

(Com informações da Agência Minas)

0 comentário

Comments


bottom of page