top of page

Operação da Polícia Civil resulta em prisão de 12 pessoas no Sul de Minas


Ações contra o crime organizado foram realizadas nas cidades de Campo Belo e Cristais - Foto: PCMG

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou, na manhã desta quarta-feira (16), a operação Parabellum, que resultou no cumprimento de 21 mandados de busca e apreensão e outros 10 de prisão, em Campo Belo e Cristais, no Sul de Minas. Além das ordens judiciais, foram realizadas duas prisões em flagrante.


De acordo com o delegado regional Alessandro Mior Gambogi, a ação teve como objetivo reprimir os crimes de tráfico de drogas e outros conexos, como homicídios e roubos.


As investigações tiveram início em dezembro do ano passado, com a apuração de homicídios decorrentes do tráfico de drogas na região. Foram apreendidos dinheiro, drogas, réplicas de armas de fogo e celulares.


"A investigação foi concentrada na região conhecida como Cantão, que tinha um tráfico de drogas muito atuante. Foram solicitadas prisões temporárias e a quebra de sigilo de dados bancários e telefônicos. As investigações prosseguem para a conclusão”, disse o delegado José Rubens Neto, titular da Delegacia em Campo Belo.


Em Cristais, a PCMG cumpriu sete mandados de busca e apreensão e dois de prisão, sendo uma pessoa presa em flagrante. O delegado Matheus Nascimento e Silva destacou a importância da ação. “A cidade estava demandando esse tipo de atenção, apesar de ser uma cidade pequena, porém, com uma onda de criminalidade crescente e precisava dessa resposta enérgica da PCMG”, afirmou.


Participam da operação 110 policiais civis, com equipes locais e da Coordenação Aerotático (CAT), da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e do Canil, com apoio da Polícia Penal.


(Com detalhes da PCMG)

0 comentário

Comments


bottom of page