top of page

PCMG: Maio Laranja é marcado por ações preventivas e campanha de doações


Além da atuação repressiva aos crimes, atividades educativas e preventivas serão realizadas nos estádios de futebol com atletas e torcidas - Foto: PCMG

No mês de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) lança a campanha Maio Laranja e intensifica as ações para divulgação do tema à sociedade. Durante o mês, a PCMG estará também nos estádios de futebol, onde serão realizadas ações com os jogadores dos principais clubes mineiros, envolvendo servidores da instituição e as torcidas, nos estádios de Belo Horizonte. Também será promovida uma campanha de doações para o espaço onde as vítimas são acolhidas nas delegacias em todo estado. Estão previstas também rodas de conversa e palestras para crianças e adolescentes, em escolas, clubes de futebol e projetos sociais da capital e região metropolitana.


Pelo Departamento Estadual de Investigação, Orientação e Proteção à Família (Defam), a campanha Maio Laranja envolve servidores, torcedores e todas as crianças e adolescentes, sejam vítimas ou não. Nos campos de futebol, "Todos contra a Pedofilia" irá abrir jogos do Campeonato Brasileiro nos dias 10, 20 e 28 de maio, enquanto que os mascotes dos clubes América, Atlético e Cruzeiro participam da campanha de doação de brinquedos, livros, roupas e sapatos para o Espaço Reviver Kids da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), onde as vítimas da capital recebem o devido acolhimento pela Polícia Civil. A campanha de doações é extensiva às delegacias em toda PCMG para os espaços, seja de depoimento especial e/ou escuta especializada das crianças e adolescentes, vítimas de abuso e violência sexual.


Também com viés educativo, a PCMG atuará nas escolas e em projetos sociais. Temas como bullying, abuso sexual no trabalho e na escola e responsabilização do adolescente na prática de ato infracional, entre outros, serão abordados em rodas de conversas e palestras. Os policiais civis em todo estado estarão próximos às crianças e adolescentes nas escolas e com as equipes de base dos clubes mineiros da capital e região metropolitana para tirar dúvidas, ensinar sobre o que caracteriza os crimes, qual a responsabilização de quem pratica, qual é o papel da Polícia Civil e quais os direitos das vítimas que sofrem crimes sexuais.


Por fim, para alertar pais, responsáveis e toda sociedade sobre o abuso e a exploração sexual, protocolo de atendimento humanizado de vítimas de abuso sexual e os canais de denúncia para crimes dessa natureza, a PCMG relança o vídeo "criança bem orientada é criança protegida", animação voltada para o público infantil e adulto, e reforça a divulgação da cartilha Violar os Direitos da Criança e do Adolescente é crime. Denuncie. Todo material está disponível nos canais de comunicação da PCMG.


Veja o vídeo:


0 comentário

コメント


bottom of page