top of page

Polícia identifica crime de maus tratos a éguas e cavalo


Após receber uma denúncia, a polícia Militar Ambiental de Oliveira se deslocou para um terreno localizado próximo ao perímetro urbano de São Francisco de Paula, na manhã dessa terça-feira (15), para atender a uma ocorrência de maus tratos a animais.


Durante vistoria conjunta com o veterinário, foram identificadas duas éguas, aparentemente privadas de ração e água e extremamente debilitadas, como também um cavalo muito magro, desidratado, ferido, infetado com parasitas externos, faminto e sedento. Os animais haviam sido arrastados para um pasto e lá deixados para morrer.


Após um exame médico, um deles teve que ser sacrificado, devido à sua condição crítica de saúde.


Diante do que foi constatado, o crime de maus-tratos previsto no artigo 32 da lei 9605/98 (Lei de Crimes Ambientais) foi configurado, sendo o fato denunciado à polícia. O autor responderá pelo crime.


A Polícia Ambiental pede que, ao constatar episódios de descaso, o cidadão ou cidadã deve buscar mais informações sobre a realidade do tutor e, havendo indícios de crime, comunicar o fato à Polícia Militar.


0 comentário

Comments


bottom of page