top of page

Polícia Civil conclui inquérito de morte brutal de idoso em Divinópolis

A Polícia Civil concluiu as investigações sobre o homicídio brutal de um idoso, de 66 anos, ocorrido em 14 de março deste ano, no bairro Realengo, em Divinópolis. O inquérito comprovou que o crime foi motivado por uma discussão entre a vítima e o suspeito, de 22 anos, que era seu vizinho.


Segundo o delegado Hans Baia, responsável pelo inquérito, os trabalhos investigativos concluíram que o crime foi premeditado.


No dia 12 de março, a vítima e o suspeito se desentenderam em frente a um estabelecimento comercial. O idoso fez uma brincadeira que não foi bem recebida pelo homem, que, no mesmo dia, revelou a uma testemunha que pensou em ‘acertar as contas’ com a vítima.


Dois dias após, o autor teria colocado o plano em prática. Conforme apurado, ele observou o idoso e a esposa, de 61 anos, logo após a saída deles de casa, e utilizou o próprio veículo como arma para bater na traseira da moto onde estavam as vítimas. O casal caiu no chão, e o suspeito esfaqueou o rosto do idoso, que morreu no local. A mulher sobreviveu ao ataque.


Na ocasião, o suspeito foi preso em flagrante pela Polícia Militar. O inquérito da PCMG foi relatado à Justiça com o indiciamento do homem por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima, bem como tentativa de homicídio qualificado, além de porte de drogas para consumo pessoal.


Foto: Redes sociais

0 comentário

Comments


bottom of page