top of page

Suspeito é indiciado por crimes de maus-tratos contra animais e zoofilia em Igarapé


Homem de 62 anos negou a autoria dos crimes - Foto: Polícia Civil

No mês em que é promovida a campanha mundial ''Abril Laranja'' de prevenção contra a crueldade animal, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu, esta semana, um mandado de busca e apreensão expedido contra um homem, de 62 anos, em Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte e conseguiu resgatar duas cadelas e uma gata.


As investigações iniciaram após uma denúncia formalizada no Ministério Público de Minas Gerais sobre crimes de maus-tratos contra animais e zoofilia (prática e satisfação sexual com animais). Após levantamentos, a equipe da 4ª Delegacia de Polícia em Igarapé, acompanhada por servidores do Setor de Zoonoses do município, compareceu ao endereço investigado para cumprir a ordem judicial. Ao ser indagado, o suspeito negou a autoria dos crimes.


O inquérito policial foi concluído e relatado com o indiciamento do investigado pelos crimes de maus-tratos e zoofilia.


Os animais resgatados foram recolhidos do local e encaminhados para o Setor de Zoonoses e em breve estarão disponíveis para a adoção responsável.

0 comentário

Commenti


bottom of page